kisscc0-computer-icons-thermometer-temperature-download-im-termômetro-quente-thermometer-hot-5b711bdbb113c6.5607159515341393557253.png

Atualizado em 06/11/2019

 

FURÕES E CALOR NÃO COMBINAM !

A zona térmica de conforto para furões é de 14 a 21 graus Celcius. Acima disso já não é uma boa, sendo que acima de 26 graus já existe risco real de choque térmico.

É importante alertar a todos que temperaturas acima de 24 graus são perigosas para furões, e temperaturas a partir de 27-28 graus são FATAIS para eles. Embora aluns furões tolerem limites mais altos na faixa dos 30 graus, não faz nem um pouco bem a eles, pois entram facilmente em estado de hipertermia.

Se expostos a temperaturas acima de 28 graus danos irreversíveis costumam ocorrer a partir de 10 minutos de exposição nessas temperaturas.

Lembre-se que a sua obrigação é dar proteção e bem estar ao seu furão !

Prostração, orelhas e patas avermelhadas, respiração ofegante são alguns (mas não todos) sintomas do choque térmico. Se o seu furão apresentar esses sintomas envolva-o em uma toalha molhada com agua fria e molhe de 5 em 5 minutos até que a temperatura corporal fique abaixo de 39,5 graus.

REGRAS DE OURO:

  • NÃO EXPONHA SEU FURÃO A TEMPERATURAS ACIMA DE 24-25 GRAUS !
  • VENTILADORES NÃO FUNCIONAM PORQUE OS FURÕES NÃO TRANSPIRAM !
  • CONSIDERE TER EQUIPAMENTO DE AR CONDICIONADO SE VOCÊ MORA EM QUALQUER LOCALIDADE ONDE AS TEMPERATURAS PASSEM DE 25 GRAUS !
  • Ter pelo menos duas garrafas plásticas de dois litros com água congelada é fundamental, no caso de falta de energia elétrica, as garrafas ficarão frias por 8 a 10 horas. MANTENHA SEMPRE DURANTE TODO O VERÃO !
  • Disponibilizar água fresca para beber
  • Disponibilizar uma bacia rasa com água gelada
  • AS GAIOLAS DEVEM SER MANTIDAS NA SOMBRA, SEM POSSIBILIDADE DE SOL DIRETO, EM LOCAL FRESCO, COM TEMPERATURA INFERIOR A 25 GRAUS !!!

 

Um recurso muito importante que pode salvar a vida do seu amigo é ter sempre no congelador (freezer) DUAS garrafas plásticas de 2 litros com água congelada.

REPETIREI ISSO VÁRIAS VEZES DEVIDO A EXTREMA IMPORTÂNCIA, DESCULPEM.

Caso necessário, coloque a garrafa dentro de uma meia para evitar a condensação e que molhem a gaiola e o que estiver dentro delas, e deixe-a dentro da gaiola. Coloque cubos de gelo na água de beber. Isso pode ser a diferença entre a vida e a morte !

Ter as garrafas com água congelada é fundamental, no caso de falta de energia elétrica, as garrafas ficarão frias por 8 a 10 horas.

Outro recurso muito importante é disponibilizar uma bacia RASA onde seu furão não tenha como se afogar. Eles sabem nadar mas não aguentam nadar por muito tempo !

Esta bacia deverá estar cheia com cerca de 5 cm de profundidade, de água fria, 24 graus no máximo. A bacia deve ser de fácil acesso aos furões, e a temperatura da água deve ser verificada regularmente. De nada adianta água acima de 25 graus !

Pode misturar as duas técnicas, a da garrafa plástica congelada e a da bacia com água, colocando a garrafa dentro da bacia para manter a água gelada. A bacia deve estar localizada na sombra em lugar fresco.

MAIS INFORMAÇÕES NO TÓPICO SOBRE SAÚDE DOS FURÕES.

Obrigatoriamente pelo menos DOIS bebedouros, bem fixados, e a água deve ser trocada pelo menos duas vezes por dia. Pense na água que você gostaria de beber !

Água parada ou com poucas trocas é fonte certa de diarréia e outras complicações de saúde.

É aconselhável que tenha pelo menos uma tigela pesada ou fixada no chão da gaiola para os alimentos e uma segunda com água (além dos bebedouros), eles gostam de enfiar a cara na água e as vezes querem refrescar-se. Uma tigela de água incentiva-os a beberem mais água e isso só faz bem, além de dar mais conforto para eles.

Furões ficam desidratados muito facilmente, e isso pode levar a morte em questão de um dia. Água é vida, lembre-se disso.