Atualizado em 10/11/2019

Devido ao enorme número de pessoas perguntando se Furões mordem, faço essa postagem para facilitar a vida de quem procura por essa informação.

Recomendo ler integralmente o tópico sobre o Comportamento dos Furões neste mesmo blog.

Furões Mordem ?

Resposta simples. Sim.

Situações que fazem um furão morder:

1 – Abuso e maus tratos por parte de humanos

Se um furão tiver sido mal tratado por uma pessoa e ele perder a confiança em humanos, com certeza ele irá morder como ato de auto-defesa. Afinal, ninguém gosta de ser mal tratado.

Gritos, agressões gratuitas ou brincadeiras idiotas arruinam o dia de qualquer um.

Seja paciente, gentil e trate muito bem o seu furão. O que ele mais quer é alguém em que ele possa confiar e brinque com ele.

Leva um bom tempo para ganhar novamente a confiança dessas criaturinhas, que raramente mordem para valer, e se o fizerem a mordida será impressionantemente dolorosa, pois os caninos são bem longos e extremamente afiados. A pressão de mordedura é bastante alta a ponto de poder quebrar ossos dos dedos dependendo da situação. Se a mordida for para valer você saberá com toda a certeza !!!

Mas um furão só morde desse jeito como último recurso. Ele irá te dar vários avisos antes. Primeiro tentará evitar o confronto,  depois emitirá um som sibilante alto, parecido com o que um gato emite. Se ele fizer isso, simplesmente deixe-o em paz e recue. Ele com certeza não quer te morder, mas se tiver que fazer, o fará se arrepender.

2 – Mordidas sem agressividade (filhotes, etc.)

Mordiscadas são comportamento normal de filhotes e geralmente são um convite para brincar e jamais uma atividade agressiva. Só que a pele dos furões é bem grossa e eles sempre se mordem desse jeito como brincadeira. Ele não tem como saber que a pele humana é muito mais fina. Cabe a você ensina-lo o limite.

Furões mais velhos rarissimamente mordem.

Se ele te morder de forma dolorida, peque-o com carinho pela pele por trás do pescoço, como uma gata ou cadela faz com o filhote. Isso é interpretado por ele como um “olha, estás passando do limite, aquieta-te !” e repita sempre que necessário até que ele aprenda. Isso requer paciência mas sempre funciona.

Isso deve ser feito imediatamente depois do ocorrido para que ele associe a sua reprimenda com o que ele fez, o periodo máximo para aplicar o método é de até 5 minutos após o ocorrido. Pode deixa-lo na gaiola depois por uns 5 minutos (isso é uma eternidade para eles) e depois solta-lo e brincar com ele. A melhor coisa é distraí-lo e convence-lo que existem coisas melhores do que morder !

  • Não grite com ele, ele não irá entender esse tipo de reprimenda.
  • Não o jogue nem bata, isso somente fará com que ele fique com medo de você e piorar o problema até um ponto irreversível.
  • Não dê batidinhas ou petelecos no focinho, isso machuca (e muito).
  • JAMAIS BATA NELE MESMO QUE DE LEVE !

Uma situação típica, relatada por minha amiga Brenda do Lakeroad Ferret Farm Rescue/Shelter:

Situação: Uma pessoa relatou estar com problemas de mordidas com seu furão.

“Recentemente, ele começou um jogo que ele obviamente vê como divertido – dança de guerra ao redor, pulando e mordendo nossas panturrilhas. Às vezes, ele simplesmente dá uma volta, morde e depois dança. É tudo claramente divertido, ele está sorrindo como ele faz e sempre tem linguagem corporal brincalhona, não há intenção de agressão por lá, mas realmente dói. Agora, porém, está ficando mais frequente e mais intenso. Ele não gosta de Ferretone, então eu não acho que o truque vai funcionar para ele. Você tem alguma outra ideia?”

Resposta de Brenda Johnson:

Sim, essa é a sua maneira de dizer “te peguei, agora é sua a vez, agora me persiga e binque!”

Nós temos um furão que veio fazendo praticamente a mesma coisa só que ela queria os tornozelos… Daisy também não gostava de ferretone, então o que comecei a fazer não foi dar atenção quando ela se dirigia aos meus tornozelos.

Se eu tivesse que dizer não a ela do que duas vezes, eu a tirava do quarto em que estava, para que ela não tomasse minha atenção, esperava 5 minutos e depois a deixava entrar.

Então eu imediatamente sentava no chão com alguém. Se ela viesse novamente para os meus tornozelos eu me levantava e a removia novamente.

Ela aprendeu que para ela ter a minha atenção, teria que  deixar meus tornozelos em paz.

Entendo que talvez você não tenha a experiencia que tenho mas recomendo tentar isso com ele, pois vai ajudar. Deixe ele sozinho por por 5 min, e então dê a ele um petisco imediatamente depois de 5 min passados. Repita o processo conforme necessário.

Daisy aprendeu como se comportar e como ganhar todo o amor que ela está procurando. Espero que isso ajude.

3 – Furões Surdos ou Cegos podem Morder !

A exceção é se o seu furão for surdo e se ele não lhe ver aproximando-se por um ângulo cego e você tentar pega-lo. Ele pode instintivamente te morder por um reflexo de auto defesa contra predadores.

Se o seu furão for surto, tenha certeza que ele tenha conhecimento de que você tem intenção de pega-lo, seja visualmente ou sentindo as vibrações.


 

Abaixo, um video de como proceder. Não esqueça de dar suporte ao corpo dele quando fizer ! (Os vídeos abaixo tem direitos autorais de seus respectivos autores e estão sendo mostrados aqui como mera referência externa. Todos os direitos reservados.)